• Facebook: ifscjaragua
  • Twitter: ifsc

Guia de Cursos

acesso portal guia cursos

icone docentes horarios atividades


Como Configurar Wifi

Tutorial Alunos

Escola de Ensino de Jovens e Adultos recebe trabalhos do Sepei PDF Imprimir E-mail
Qua, 31 de Julho de 2019 16:09

O 8º Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação (Sepei) do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) tem boa parte de sua programação concentrada no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nes, porém as apresentações orais serão realizadas na Escola Básica Municipal Paulo Freire, um importante centro de Educação de Jovens e Adultos (EJA) em Chapecó.

 

A escola funciona desde 2012 na Ala Sul da Arena Condá, atendendo 516 jovens e adultos da região de Chapecó. A escola Paulo Freire atende desde a alfabetização até o equivalente 9º ano do ensino fundamental.

 

A gestora da escola, Ivete Isabel Zanela, destaca a importância dos estudantes da Paulo Freire em assistirem as apresentações orais do Sepei e acredita que os jovens e adultos podem se beneficiar das oportunidades oferecidas pelo Instituto Federal de Santa Catarina. “Nós sempre falamos para os nossos alunos que depois que eles se formarem aqui, eles podem estudar no IFSC. Eles estarem assistindo as apresentações do Sepei mostra a quantidade de oportunidades que eles têm para direcionar a vida deles. É uma chance deles conhecerem a instituição e ver que podem estudar no IFSC, que oferece um ensino gratuito e de qualidade para toda a comunidade”, explicou.

 

Rafael Maggioni é estudante da escola Paulo Freire e se mostra animado com as apresentações realizadas no Sepei. “Está sendo bem legal acompanhar o evento, porque a gente pode ver bastante coisa nova que além de ser interessante ajuda a quebrar a rotina. A gente tá podendo acompanhar a quantidade de coisas legais que o IFSC faz e desperta o interesse para um dia fazer um curso técnico no IFSC”, afirmou.

 

EJA em Números

 

Segundo o Censo Escolar de 2018, atualmente o Brasil possui 3,5 milhões de estudantes em todas as modalidades do Eja. Já em Santa Catarina, segundo relatório divulgado pelo Estado em junho deste ano, são mais de 30 mil alunos matriculados nos anos iniciais, finais e ensino médio do Eja.

 

EJA no IFSC

 

Oferecer educação formal e profissional a trabalhadores que não tiveram acesso ou tiveram que se ausentar da sala de aula por um período também é uma das metas do IFSC. Para isso, a instituição oferta vagas no Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (Proeja) e na Rede Nacional de Reconhecimento de Saberes Profissionais (Certific).

 

Confira em nosso site as oportunidades oferecidas e como realizar sua inscrição para os cursos que iniciam em 2020.

 

Por Rodrigo Moizéis | Estagiário de Jornalismo

 

 

 
Para visualizar PDF você precisa do Adobe Reader: Clique aqui para baixar.