• Facebook: ifscjaragua
  • Twitter: ifsc

Guia de Cursos

acesso portal guia cursos

icone docentes horarios atividades


Como Configurar Wifi

Tutorial Alunos

Chega ao fim a greve no IFSC, após assinatura de acordo com a Reitoria PDF Imprimir E-mail
Qua, 30 de Setembro de 2015 11:00

Com a presença de cerca de 150 servidores, de diversos câmpus, a assembleia geral da Seção Sindical IFSC do Sinasefe realizada nesta terça-feira (29) à tarde, no auditório da Reitoria, decidiu por aclamação indicar ao Comando Nacional de Greve a aceitação e assinatura do acordo com o MPOG. Por ampla margem de votos, também foi aceito pelos servidores o Termo de Acordo com a Reitoria para a reposição das atividades não realizadas durante a greve, condição para o fim do movimento e que colocou fim à greve no Instituto, que durou 79 dias.

 

Depois dos informes sobre a greve nos câmpus, da avaliação do Comando de Greve da Seção e das informações trazidas da 137ª Plena, os servidores partiram direto para um dos momentos mais importantes da assembleia, que foi a análise do movimento visando à tomada de posição a ser levada ao Sinasefe Nacional. Apesar de destacar que o termo proposto pelo MPOG está muito longe de satisfazer as necessidades e interesses da categoria, a maioria dos presentes que foi ao microfone compartilhar a sua visão da greve reconheceu os limites do movimento e entendeu que essa era a hora de encerrar a paralisação.

 

Da mesma forma, todos foram unânimes em apontar os avanços políticos e organizacionais alcançados com a greve, como o despontar de novas lideranças, a visão clara do que significa hoje a ajuste fiscal, a percepção da importância da Seção IFSC no cenário nacional, o avanço na articulação com os estudantes, o forte engajamento dos comandos locais, a criação de laços de identidade entre os lutadores dos vários câmpus, a preparação da categoria para os futuros enfrentamentos institucionais e o avanço da consciência de classe dos servidores.

 

As avaliações serviram de pano de fundo para as discussões que vieram logo em seguida a respeito dos ofícios do MPOG. Embora insuficientes – diante da limitação do quadro nacional de greve, tanto na base do Sinasefe quanto nas demais entidades do funcionalismo –, as propostas acabaram aceitas pela categoria, até como forma de minimizar as perdas e abrir caminho para novas lutas, tanto na carreira dos técnicos quanto dos docentes.

 

Mas faltava ainda definir o acordo com a Reitoria do IFSC para a reposição dos dias parados, condicionante aprovado na última assembleia para a volta ao trabalho. Após a contextualização de todo o processo negocial, que envolveu a formulação de diretrizes para o acordo, a realização de duas reuniões entre a comissão responsável e os representantes da Reitoria e um encontro final para a redação do Termo, a proposta foi colocada em votação e aprovada por ampla maioria.

 

O Termo traz avanços importantes, como a garantia de participação de todos os segmentos da comunidade escolar nas discussões do calendário acadêmico nos câmpus, a constituição de uma comissão central paritária para acompanhamento de todo o processo de reposição, a formação de comissões paritárias locais, o envolvimento de toda a instituição e não apenas dos grevistas no processo de recuperação do serviço em 2016 e o compromisso de que será respeitado o princípio da construção coletiva com base na realidade de cada local.

 

Os representantes dos servidores na comissão central paritária foram eleitos na própria assembleia. Aparecida Gonçalves (São José), Fernanda Pimentel Pacheco (Garopaba), Gilberto Coutinho (Canoinhas), Idney Silva Júnior (Fpolis Centro) e Paulo Henrique de Amorim (São José), além de um representante da Diretoria da Seção Sindical, vão ficar responsáveis pelo acompanhamento do processo de construção dos calendários acadêmicos e de reposição dos dias parados nos câmpus. Conforme decisão de assembleia, as comissões locais precisam ser compostas até a próxima sexta-feira, dia 02/10, com, no mínimo, dois e, no máximo, cinco integrantes.

 

Com informações e fotos do Sinasefe Seção IFSC

 

 
Para visualizar PDF você precisa do Adobe Reader: Clique aqui para baixar.